É um Rotário orgulhoso?

É um Rotário orgulhoso?

Por Frank Kofi Owusu Debrah, Presidente da Fundação e Past Presidente do Rotary Club de Sunyani Central, Gana

Certamente é verdade que as razões para uma pessoa se juntar ao Rotary são muitas e variadas. Para alguns, é a rede pessoal e de negócios que os motiva. Para outros, é o companheirismo e um sentimento de pertença a uma organização mundial de pessoas. Ainda para outros, é um símbolo de status. Quaisquer que sejam as razões, todos têm uma. Infelizmente, algumas das razões não se encaixam no propósito principal do Rotary; uma rede de pessoas que resolvem problemas e que vivem o lema Dar de Si Antes de Pensar em Si.

A rede para o desenvolvimento profissional e pessoal é louvável, tal como a procura pelo reconhecimento social através da associação com entidades que têm um impacto, e também é uma oportunidade de viajar pelo mundo para os eventos do Rotary. O meu medo é que a essência e a responsabilidade central de se ser um rotário se esteja a perder em muitos pelo mundo, pelo menos do meu clube.

Muitos de nós viajamos com orçamentos caros para os eventos do Rotary, mas não contribuímos com um único cêntimo para a The Rotary Foundation, que é de onde o nosso investimento nas comunidades do mundo vem. Eu simplesmente não consigo compreender isso e estou certo de que muitos pensam da mesma forma.

No entanto, é óbvio que também há muitos que não colocam a Fundação como prioritária no seu orçamento, e que, quer doem ou não à Fundação, consideram-se rotários orgulhosos, desde que paguem as suas dívidas. Isso deve mudar. Os privilégios vêm da responsabilidade, seja voluntária ou obrigatória. Quem aproveita os privilégios tem uma obrigação moral inerente de viver também as responsabilidades.

É inacreditável que muitos clubes tenham que se esforçar para que os membros se ofereçam para liderança, serviço de clube, serviço comunitário e até mesmo participação em reuniões de clubes, projetos e outros eventos. Ser um rotário orgulhoso não é apenas um elogio vazio e um símbolo de status. Em vez disso, é um apelo ao serviço e ao compromisso de manter o motivo de existência do Rotary. É um apelo para dar de si mesmo à comunidade mundial para dar apoio e fortalecer os esforços humanitários da The Rotary Foundation em todo o mundo. É um apelo para construir clubes fortes e usar as nossas habilidades, conhecimentos profissionais e know-how técnico para trazer felicidade às pessoas das nossas comunidades.

Se esta não é a maneira como percebe o significado de ser um rotário orgulhoso, acho que é simplesmente e infelizmente um mero membro do Rotary.

Eu sou um rotário orgulhoso. Qual é?

Comentários