SURF – Quem disse que o Rotary não pode ser divertido?

SURF – Quem disse que o Rotary não pode ser divertido?

Por Brett Morey, Presidente da Associação Surfers Unite do Rotary e Past President do Rotary Club de La Jolla Golden Triangle, Califórnia

Já pensou em transformar um hobby ou paixão em algo ainda mais benéfico através do Rotary? Eu sou um californiano da terceira geração e cresci a fazer bodyboard em Huntington Beach e Del Mar, antes de começar a surfar há 34 anos atrás. Em maio, tive uma ideia louca para fazer algo com este meu interesse no surf.

Durante anos, todos ouvimos os líderes do Rotary falarem sobre como tornar o Rotary divertido, ao trazer os jovens para o Rotary e ao aumentar os nossos membros para mais de 1,2 milhões em todo o mundo. Então lembrei-me, por que não criar uma Bolsa Rotária que crie atividades entusiásticas e que envolva os jovens através de projetos de serviço? Se há uma coisa que eu aprendi como membro do Rotary, é que tudo é possível.

Então liguei para o staff na sede do Rotary International em Evanston, IL, EUA, e por insistência deles, participei na Convenção Internacional do Rotary de 2017 em Atlanta. Ao percorrer os salões e ao misturar-me na Casa da Amizade, angariei mais de 150 assinaturas numa prancha de surf e encontrei vários rotários ativos em Bolsas Rotary, incluindo Curtis Reinhardt de Arroyo Grande e Colin Weeks do Reino Unido. Nós reunimos uma incrível equipa de liderança de rotários do Havaí, Estados Unidos, Austrália, México e Quénia, e com a ajuda de Scott Carr, o nosso governador no distrito 5340, o Surfers Unite Rotarian Fellowship (SURF) nasceu.

Desde então, fizemos grandes progressos. Fomos aprovados e reconhecidos pelo Rotary International. Já completamos 16 eventos, estabelecemos o nosso site e aumentamos diariamente o número de membros. Agora temos mais de 320 membros em mais de 20 países. A nossa missão é ligar os rotários interessados no surf e no Rotary, ao mesmo tempo que arrecadamos fundos para causas rotárias.

No dia 27 de janeiro, mais de 30 membros do SURF reuniram-se para apoiar a Fundação de Mentores Boys to Men com um desafio de onda e uma corrida de 5km na praia. Rotários de vários clubes, rotaractistas da Universidade de Califórnia San Diego e interactistas de James Madison e das escolas secundárias participaram numa tentativa de estabelecer um recorde mundial, ao exceder o número de 110 surfistas na mesma onda ao mesmo tempo. Infelizmente, mesmo com 172 surfistas, não fomos capazes de conseguir o recorde. Mas divertimos-nos imenso e angariamos cerca de US$90 mil para a caridade!

Teremos uma banca na Casa da Amizade na Convenção Internacional do Rotary de 2018 em Toronto. Pode seguir-nos no Facebook e no Instagram @SURFSurfersUnite, e descobrir os nossos próximos eventos. Se está interessado em ser um diretor de capítulo ou um embaixador SURF Rotaract, entre em contacto connosco através do email: surfrotary@gmail.com.

Comentários