Programa Vacinação Solidária do RC Figueira da Foz perto de estar concluído

Programa Vacinação Solidária do RC Figueira da Foz perto de estar concluído

Em 2015, o Rotary Club da Figueira da Foz iniciou o Programa Vacinação Solidária, que visava garantir a gratuitidade da vacina PREVENAR para o universo de crianças sinalizadas nas unidades de saúde pública do concelho como pertencentes a agregados familiares economicamente carenciados. Dois anos depois, e perto da conclusão do mesmo, faltam vacinar cerca de 55 dessas crianças.

O programa nasceu depois de analisados números segundo os quais cerca de 350 crianças de todo o concelho figueirense (entre os 2 e os 5 anos de idade) não haviam tomado ainda a vacina PREVENAR, sendo a sua maior parte pertencente a agregados familiares economicamente desfavorecidos. Esta vacina, não estava nessa altura integrada no plano de vacinação obrigatória, e tinha o preço total aproximado de 180 euros/criança.

Este Programa de Vacinação foi dirigido a todas as crianças nascidas no concelho entre 2010 e 2013, inscritas no Centro de Saúde e que não haviam, à data de 2015, recebido qualquer dose de Prevenar 13 ou equivalente. Devido a este programa, a taxa de cobertura vacinal desta faixa de crianças passou de 80%, (Jul. 2015) para 91% (Jun. 2017).

Num balanço global, entretanto alargado às crianças não vacinadas nascidas em 2014, o clube deu nota de que foram vacinadas até ao momento mais e 144 crianças, e que faltam vacinar 55 crianças.

O Programa de Vacinação Solidária, que tem conclusão prevista para dezembro de 2017, tem como parceiros a ARS Centro, Pfizer, Farmácia Santa Ana Jardim, BID Lab e Offsetarte, e como patrocinadores a Câmara Municipal da Figueira da Foz, Celbi, Verallia, Fundação Rotária Portuguesa, Primóptica, Carlos Andrade & Associados, Litocar, Águas da Figueira, Pisciarte e Anacleto Cardoso, tendo como media partner o jornal online Figueira na Hora, representado nesta cerimónia pelo jornalista e colaborador José Santos.

Comentários