Alberto Soares Carneiro visitou a F3M em Braga

Alberto Soares Carneiro visitou a F3M em Braga

Na quarta-feira dia 27 de setembro, durante a  VOG ao Rotary Club de Braga-Norte, o Governador do Distrito 1970 visitou a F3M – Information Systems. Na visita Soares Carneiro foi acompanhado pelo Presidente do Conselho de Administração Engenheiro Pedro Tinoco Fraga.

A F3M, fundada em 1987, é considerada uma das maiores empresas portuguesas especializadas em tecnologias da informação e comunicação. Dedica-se ao desenvolvimento de soluções para vários mercados. É líder no sector da economia social onde trabalha com IPSS, Misericórdias e Cáritas, e lidera também o sector das óticas, 60% das óticas em Portugal trabalham com a F3M. Trabalham também para as indústrias têxtil e do vestuário, imobiliário, construção civil e desporto. 

Atualmente o grupo F3M é composto por 5 empresas (três em Portugal, uma em Angola e uma em Moçambique), emprega cerca 140 trabalhores e exporta para perto 103 países. Ao longo de três décadas de trabalho a F3M foi acumulando um vasto conjunto de certificações e distinções, como por exempo: certificação em investigação, desenvolvimento e inovação (NP 4457), sendo uma das poucas dezenas de empresas portuguesas que obteve esta certificação; integrante da Rede PME´s Inovadoras COTEC e foi considerada uma das 100 melhores empresas para trabalhar pelo quinto ano consecutivo (desde 2011 – Exame/Accenture).

Durante a visita à empresa o Governador Soares Carneiro teve a oportunidade de apresentar o movimento rotário ao CEO Pedro Fraga, que lançou um desafio aos membros do clube de Braga-norte. “Porque não marcar um dia e trazer cá à empresa um rotário para fazer uma apresentação do movimento rotários aos nossos colaboradores?”, disse Pedro Fraga. “É importante mostrar-lhes o que existe para além da tecnologia”.

Para fazer face à gestão do apoio solidário às vítimas dos incêndios na região de Pedrógão Grande um grupo de 14 colaboradores da F3M desenvolveram, de forma voluntária, uma plataforma eletrónica que permite à União das Misericórdias Portuguesas (UMP) gerir os donativos recebidos, as necessidades da população atingida e a entrega dos apoios. A plataforma tem uma área pública que apresenta, em tempo real, o total de apoios concedidos e os donativos angariados. A plataforma encontra-se online através do endereço: www.juntosportodos.org.

 

Comentários