Mais de 450 pessoas presentes na 35ª Conferência do Distrito 1970

Mais de 450 pessoas presentes na 35ª Conferência do Distrito 1970

Nos dias um e dois de junho a Universidade Lusíada, no Porto, recebeu a 35ª Conferência do Distrito 1970 do Rotary International. Este evento foi o culminar do ano rotário 2017-18, do Distrito liderado pelo Governador Alberto Soares Carneiro. Nos dois dias do evento estiveram presentes mais de 450 pessoas.

Durante a tarde de sexta-feira, dia um, realizou-se o Fórum da Felicidade: A Nova Cultura Empresarial. Depois de uma interessante troca de ideias, em que estiveram presentes gestores de várias empresas, Daniel Bessa, ex-ministro da economia, terminou o fórum destacando que a ideia de responsabilidade social das empresas também deve incluir a felicidade dos colaboradores.

A inauguração oficial da 35ª conferência distrital foi feita pelo Governador Alberto Soares Carneiro, que destacou que este é um momento de encontro, companheirismo e troca de experiências entre rotários. No primeiro dia foi ainda feita a inauguração de uma exposição de automóveis antigos, nos jardins da universidade.

O dia de sábado começou com a apresentação de contas do ano rotário de 2016-17 pelo Past-Governador Ernesto Rodrigues. Durante a sua intervenção, Ernesto Rodrigues, destacou ainda dois pontos que considera fundamentais no Rotary: o papel da The Rotary Foundation e a necessidade de aumentar o quadro social do movimento rotário em Portugal.

Seguiu-se como orador o cronista político Pacheco Pereira, que falou sobre a importância e o papel das organizações não governamentais, como o Rotary, para tentar diminuir o mal no mundo, e neste caso, em Portugal.

Depois da apresentação de Pacheco Pereira, decorreu um painel dedicado ao trabalho da The Rotary Foudation e onde foram discutidos alguns dos projetos desenvolvidos por clubes do Distrito 1970, durante este ano rotário, e que foram apoiados por fundos da Fundação International.

A manhã do segundo dia do evento foi preenchida por um painel sobre a The Rotary Foundation e a Fundação Rotária Portuguesa.

Alguns parceiros internacionais do Rotary como a ShelterBox, Organização Mundial de Saúde, UNICEF, Habitat for Humanity e The Big Hand estiveram representados e falaram do trabalho que têm feito em conjunto.

Houve ainda tempo para uma exposição de pintura, para uma encenação sobre a Ferreirinha, para a plantação da árvore da amizade e para um espetáculo musical do grupo “Saxes Around the Lady”.

Ao mesmo tempo decorreu um workshop sobre como falar em público, Universidade J, em que estiveram presentes cerca de 30 pessoas, especialmente jovens.

Em representação do Presidente do Rotary International esteve presente na Conferência o diretor Paulo Zanardi. Visilvelmente satisfeito Zanardi agradeceu a todos os rotários do distrito por tudo o que têm feito pelas suas comunidades.

Na sessão da tarde, entre outros assuntos, foi apresentado o que foi realizado pelos clubes jovens de rotaract e interact durante o ano rotário.

O último orador convidado foi o Secretário de Estado para os Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, que falou de como conheceu o movimento rotário e dos valores que partilha com ele: “Partilho da vossa visão do mundo. O lema que me trouxe para a política faz-me lembrar o Rotary. O problema dos outros são também os meus.”

Para finalizar a 35ª Conferência Distrital Soares Carneiro fez um balanço do ano rotário de 2017-18 e lembrou que apesar de ter sido um ano de sacrifícios tudo valeu a pena. “O Rotary dá-nos oportunidade de mudar o mundo, de transformar vidas, e este ano foi um ano de sacrifício, deixei tudo para servir o Rotary, mas não me arrependo nada.”

Comentários